ESTÁ COM A SAÚDE EM DIA?

Embora muitas vezes não sejam realizados com a frequência necessária, os exames de rotina são essenciais para identificar qualquer anormalidade e iniciar o tratamento de uma doença o mais rápido possível. No topo da lista das mulheres, estão os ginecológicos, que devem ser realizados desde a infância, quando começam a aparecer os primeiros sinais da puberdade, até a idade avançada.

A partir do momento que a menina ou mulher passa a ter uma vida sexual ativa, a rotina ginecológica deve ser anual. Segundo Carolina Vicente Banzoli, médica ginecologista da rede de centros médicos dr.consulta, o ginecologista é o clínico da mulher e, na maioria das vezes, quem diagnostica doenças crônicas como diabetes, hipertensão arterial, dislipidemia (colesterol alto), entre outras.

Durante a conversa na consulta, é comum o médico fazer um histórico da vida da mulher, perguntando sobre diversas doenças e/ou cirurgias realizadas. Após a investigação do histórico e dos hábitos de saúde da paciente, o médico faz um exame físico no próprio consultório que compreende:

  • exame clínico da mama: inspeção e palpação;
  • exame clínico do abdome: inspeção e palpação;
  • inspeção dos órgãos genitais externos: avaliação da vulva para verificar sem há alguma lesão;
  • exame especular: avaliação da vagina e do colo de útero;
  • toque vaginal: exame para sentir o tamanho do útero e ovários e verificar se há alguma anormalidade.

Após esta etapa, o ginecologista vai solicitar uma série de exames, que podem identificar possíveis doenças nas mulheres:

Continue lendo em Organizzada

Comnetários

comments

Deixe uma resposta