Tem um minuto para a Palavra Negra?

O coletivo capixaba Palavra Negra, reuniu numa série de vídeo poesias autores e escritores negros. O projeto que leva o mesmo nome do grupo apresenta  textos interpretados por nove jovens poetas de periferia da Grande Vitória. Além de trabalhos autorais, as poesias da escritora Carolina Maria de Jesus, Solano Trindade, Abdias do Nascimento e outros ganham vida.  As autoras Elisa Lucinda e Suely Bispo, também participam da iniciativa financiada pelo Funcultura do Estado do Espírito Santo.

A série de vídeos aborda temas importantes como racismo e a mortalidade da juventude negra. O Atlas da Violência 2016, lançado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), o Espírito Santo registrou, em 2014, 96,2 homicídios de jovens por grupo de 100 mil pessoas jovens. Índice superior que a média nacional que apontou 61 mortes por 100 mil.
Os vídeos produzidos têm sido utilizados de forma pedagógica nas escolas contribuindo para formação de estudantes e sendo ferramenta de implementação da Lei 10.639, que visa o ensino da cultura africana e afro-brasileira nas redes de ensino público e privado. Para completar, ainda é uma das jóias encontradas na plataforma Afroflix.

Comnetários

comments

Deixe uma resposta