Balões e lembranças: uma metáfora sobre relacionamentos…

Ao longo da vida nós cruzamos com várias pessoas… algumas somente passam, outras deixam marcas profundas no coração. A francesa Hélène Leroux (tive uma professora de francês me chamava de Hélène, eu achava tão lindo), autora do curta Floating in My Mind, nos leva a refletir sobre como seria carregar todas essas lembranças conosco, em forma de balões.

O curta feito como projeto de conclusão de curso na Gobelins School, em Paris,  acompanha a vida do protagonista desde a infância até à velhice, utilizando os balões como metáfora, pra pensar na vida, nas memórias que deixamos e na passagem de testemunho que, inevitavelmente, teremos de fazer.

É perceptível que foi inspirado pelo filme da Disney/Pixar “UP”, e com toda certeza, esta  simples animação merece um pouco do seu tempo. Dá uma olhada abaixo:

Continue lendo em Aleatória é a mãe

Comnetários

comments

Deixe uma resposta