CRÍTICA – GUARDIÕES DA GALÁXIA VOL. 2

Pare tudo o que estiver fazendo e, caso ainda não tenha visto, vá ao cinema assistir Guardiões da Galáxia Volume 2. O filme está sensacional, os heróis são impagáveis é diversão garantida do começo ao fim.

É preciso dizer que o primeiro filme dos Guardiões foi um tiro no escuro, mas um tiro que não continha lá tanta pressão de estabelecer uma franquia. A intenção foi surfar na onda dos Vingadores e apresentar mais um esquadrão da Marvel ao público para expandir o universo Marvel para os planos futuros. Mesmo assim creio que nem nos melhores sonhos dos produtores o sucesso seria tão grande.

A empatia com os Guardiões é instantânea, Senhor das Estrelas, Gamora, Drax, Rocky e, principalmente, Groot, trazem um clima diferente e gostoso para os filmes do gênero.
Também é importante dizer que não é fácil criar estes heróis nos cinemas, já que eles são praticamente um “segundo escalão” da Marvel. Para mostrar o quão difícil é trabalhar estes personagens basta assistir ao Esquadrão Suicida da “rival” DC.

Comnetários

comments

Deixe uma resposta