Nise, O coração da Loucura

Olá, floridos! Não lembro se contei para vocês, mas esse ano comecei a faculdade de enfermagem. Ainda não é o que quero (pretendo conseguir Medicina), mas serve por enquanto já que estou na minha área. É tão bom estudar algo que a gente gosta, né non?
 Bom, a indicação de hoje é sobre um filme que assisti através da indicação da minha professora de Introdução ao estudo de enfermagem. O Filme se chama Nise, o coração da loucura. Eu assisti e morri de amores por ele, acredito que todos assim o farão, principalmente estudantes da área de psicologia.

PSICOLOGIA_JBA_0816_1
 Ao invés de fazer uma breve sinopse do filme, vou colocar o trailer aqui.
Notas sobre o filme:
 De modo geral, posso dizer que o filme é excelentíssimo e que nos prende de cabo a rabo!
 Gostei muito da Nise por ser determinada e autêntica. Ela não se deixou levar pela maioria dos médicos que detinham o “poder” sobre o hospital psiquiátrico. O que mais me chamou atenção era que ela não tinha a cura para aquelas doenças, mas ela queria tornar aquele ambiente pelo menos agradável durante a estadia dos pacientes ou “clientes”, como gostava de chamá-los. E com o decorrer do tempo constatou que o lugar mais aconchegante e limpo gerou grande melhora da condição daquelas pessoas.
 Os personagens são tão marcantes e envolventes, cada um deles com uma história diferente, mas que os levou ao mesmo lugar. Com o surgimento da ideia de um ateliê de pintura na ala de recriação do hospital (onde Nise atua), os pacientes começaram a desenvolver quadros maravilhosos e com a sequência das telas a doutora foi desvendando e entendendo um pouco mais da vida de cada um deles.

Comnetários

comments

Deixe uma resposta