5 livros para conhecer Bob Dylan

Embora muitos não tenham escutado suas canções ou lido seus livros, poucos são aqueles que nunca ouviram falar de Bob Dylan. Como uma pedra rolante, o compositor e escritor norte-americano vem deixando sua marca no mundo artístico desde o início dos anos 1960. Lá se vão cinco décadas de intensa produção poética e influência na cultura popular, quesitos suficientes para colocá-lo no patamar de ícone e render-lhe o Prêmio Nobel de Literatura de 2016. Que tal fazer uma passeio por sua história através dessa lista de 5 livros?

bob-dylan011 – Bob Dylan – Letras (1961-1974)
Editora: Companhia das Letras
Lançamento: 2017

Publicado originalmente em 2012 pela editora Simon & Schuster, o livro “The Lyrics 1961-2012” é lançado e traduzido no Brasil pela Companhia das Letras. Ele reúne todas as letras lançadas por Dylan em seus 33 álbuns, além de variações que elas sofreram em diferentes versões, revisões e material inédito. Por aqui, esta obra é bilíngue, ou seja, contém os originais em inglês e a tradução das letras para o português, através do linguista Caetano Galindo. Este é o primeiro volume, sendo que o segundo será lançado em breve.

2 – Tarântula
Editora: Planeta
Lançamento: 2017

bob-dylan02Bob Dylan alcançou tamanha popularidade no início de sua carreira nos Estados Unidos que cópias piratas de seus escritos em prosa poética começaram a ser copiados e circular de forma clandestina, de mão em mão, nos anos 1960. De certa forma contrariado, Dylan então resolveu publicar oficialmente o livro, onde reuniu todo material literário que considerava muito grande ou complexo para se tornar uma canção. Este livro veio a se chamar Tarântula e foi lançado originalmente em 1971. Nele, o compositor apresenta uma série de personagens urbanos e marginais. Uma edição foi publicada no Brasil em 1986 e agora temos esta nova tradução, com apresentação original dos editores americanos e prefácio do escritor Valter Hugo Mãe.

bob-dylan033 – A Balada de Bob Dylan – Um Retrato Musical
Editora: Zahar
Lançamento: 2012

Nesta obra, o poeta, dramaturgo e biógrafo Daniel Epstein revisita a obra de Bob Dylan a partir de uma visão singular. São apresentados quatro momentos cruciais da carreira do compositor ao longo dos anos 60, 70, 90 e 2000, de forma que todas as suas fases artísticas são bem documentadas: o jovem cantor folk, o roqueiro da libertação, o senhor hippie recluso e o provecto cantor reconciliado com Deus. Todos os álbuns de Dylan são analisados e contextualizados com descrições do momento sócio-político em que as letras foram escritas. Também são abordadas as circunstâncias dos shows de Dylan, a relação com o público, as sutilezas e evoluções do repertório musical e os caminhos seguidos pelo artista.

Continue lendo em Vigilância Literária

Comnetários

comments

Deixe uma resposta