João 14

Estou em uma leitura, diga-se de passagem, apaixonante, sobre o livro de João e hoje cheguei em um capítulo que me dominou a minha atenção. Que é o título do post, João 14. Mas o que tem de tão legal nele, Lari? TUDO. Sério! Porém, eu vim falar especificamente sobre o que diz no versículo 26.

26 Mas o Conselheiro, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, lhes ensinará todas as coisas e lhes fará lembrar tudo o que eu lhes disse.

O contexto do capítulo é sobre a ida de Jesus para junto do Pai, então Ele diz que não nos deixará só, enviará o Conselheiro (em outras versões, Consolador, Amigo, etc) que estará conosco todos os dias e nos ensinará todas as coisas. Após ler essa passagem eu me encontrei completamente pensativa. Milhões de ? vieram em mente. Do tipo: Sendo assim, não há necessidade da opinião das pessoas. Qual a relevância de se modelar em um “ídolo” tendo em vista que o Conselheiro nos ensinará sobre nossa essência e unicidade… e por aí vai.

Acessível

Ele está sempre do lado. Sempre disposto. O mais curioso é que não se trata de alguém desconhecido, mas de alguém que sabe sobre tudo e quer te ensinar sobre tudo, isso é fascinante! Somos seres pensantes, logo, curiosos. Nada mais natural do que termos dúvidas, incertezas, medos, pensamentos (mesmo que sem noção), e por isso temos total acesso ao Espírito Santo, porque é através dEle que recebemos palavras de conhecimento e direcionamento. É se achegando a Ele que nos livramos dos achismos e recebemos a palavra de Deus, palavra exata, que elimina o querer humano e nos direciona a fazer aquilo que é da vontade do Pai, passando ser também a nossa.

Ele é para todos os dias

Continue lendo em Larissa Pereira

Comnetários

comments

Deixe uma resposta