#AquelaHistória: O dia que deu tudo errado – Rotina de modelo

Hoje venho com um post um pouco diferente, como faço parte do QG dos blogueiros, surgiu uma oportunidade de participar de uma tag que eles criaram – o desafio é contar uma história que aconteceu com você! Pensei bastante e lembrei de um dia que deu tudo errado na minha vida. Pra vocês verem que rotina de modelo não é mil maravilhas, como muitos pensam.  Estão curiosos pra saber o que houve? Então lê ai:

A minha sexta feira começou, levantei e fui pra aula pensando que seria um dia como qualquer outro. Estava com planos de ir para a minha cidade mais tarde, ver minha família, já que moro em BH, mas meus pais não. Tudo certo até então.

Eis que recebo a notícia que eu teria um casting de desfile durante a tarde e era bem importante, estava marcado às 16h se não me engano. Pensei que eu poderia ir para a agência e depois do casting pegar o ônibus para ir pra minha cidade, o ônibus passaria umas 16:50 em um ponto perto da Joy (minha agência).

Decidido então, peguei o ônibus para ir para a agência umas 15h e quando cheguei na Savassi, faltando uns 15 minutos para as 16h, estava chovendo muito, ou melhor estava tendo um dilúvio. Sério gente, 5 segundos na chuva e você sairia de lá igual um pintinho molhado. Eu não tinha sombrinha e fiquei desesperada, cheguei a entrar em uma loja de roupas perguntando se eles vendiam sombrinha, obviamente que não. Fui andando me escondendo da chuva até tentar encontrar alguma loja de conveniências. Por sorte avistei uma loja de 1,99 e fui correndo pra lá, comprei um guarda chuva de 13 reais, fiquei um bom tempo pra escolher e um bom tempo na fila.

Atrasada, molhada, desesperada. Esse era o meu estado de calamidade pessoal e pra melhorar a situação eu tinha que andar uns 10 minutos para chegar na Joy, sendo que já era mais de 16h. Tentei mandar mensagem para meu booker avisando que iria atrasar, mas ele não respondia, o desespero só aumentava. Fui correndo mesmo, com a sombrinha na mão, cobrindo no máximo minha cabeça, pisei em mil poças, levei jato de água quando um carro passou em uma poça, molhei toda a minha bolsa, mas cheguei na agência, viva eu acho.

Quando entrei lá, tinha umas 10 meninas para fazer o casting também, todas impecáveis e eu toda molhada e bufando. Pisei na sala e todo mundo olhou pra mim com pena (prefiro pensar que foi pena mesmo), coloquei meu salto e sentei no chão mesmo, muito envergonhada e querendo morrer kkkk.

Continue lendo #StagAquelaHistória em Modela com ela 

Comnetários

comments

Deixe uma resposta