MINHA ADOLESCENTE DE 50 (E TANTOS) ANOS FAVORITA

Hoje é um dia especial: Vou apresentar a vocês uma pessoa muito querida- Minha mãe.

Ela não é apenas mais uma mulher normal. Ela é uma mulher forte, bonita, incrível. Talvez um pouco fora de padrão – mas para que padrões? Quem precisa de padrão é produto industrializado, não gente. Ela não tem fricote, nem frescura..

Minha mãe cozinha como uma cheff. Pinta paredes e sabe fazer pequenos consertos domésticos também. E se derrete com cachorros e plantas.

Ela me ensinou a gostar de livros e quando eu cresci e cheguei na oitava série, dei o vídeo-game dela para outra criança e entreguei um livro em suas mãos – Afinal, temos que incentivar a leitura não é mesmo?

Ela me ensinou a cozinhar – Dom de família essa intimidade com o fogão.

Continue lendo em Devaneios e Poesias

Comnetários

comments

Deixe uma resposta