Vai direto na fonte!

Ontem me peguei pensando no episódio da moça que foi ao evento tal e é cristã.

E aí me veio a seguinte reflexão…

A religiosidade te torna juiz. Sim, você seguindo os padrões que os homens te impuseram sobre o que pode e não pode te torna um religioso, e pior que isso, faz com que você aponte o dedo ao invés de estender a mão ou simplesmente deixar Deus tomar as atitudes necessárias. O que teve de gente falando sobre a moça ir ao evento tal foi demais da conta, muito cansativo também, e o mais irônico, todos usam os mesmos argumentos. Por que será? Penso que as pessoas estão tão ligadas aos seus “ícones cristãos” que quando eles a decepcionam ou deixam em cheque o que pode ou não pode, elas simplesmente se revoltam e começam a ditar regras e condenar.

Continue lendo em Larissa Pereira

Comnetários

comments

Deixe uma resposta