Saiba mais sobre hipertensão arterial e previna-se

No Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial, Nemer Luis Pichara, cardiologista da rede dr.consulta, explica um pouco mais sobre a doença e como tratá-la

Sugestão de Pauta – Ana Paula Rubio

Pros Outstanding Solutions.

A hipertensão arterial sistêmica é uma doença caracterizada por altos e constantes sustentados níveis de pressão arterial. Está diretamente ligada a alterações de outros órgãos, como coração, cérebro, rins e vasos sanguíneos, que causam aumento do risco de complicações cardiovasculares.

Apesar de ser uma doença comum, possui baixas taxas de controle adequado na população brasileira e é considerada o principal fator de risco de doenças cardiovasculares, como infarto e acidente vascular cerebral (AVC). A chamada “pressão alta”, como é conhecida popularmente, está relacionada, dentre outros fatores, a idade, sexo, etnia e modo de vida.

Condições que aumentam o risco de hipertensão arterial:

  1. Excesso de peso.
  1. Obesidade.
  1. Consumo excessivo de sal e álcool.
  1. Tabagismo.
  1. Sedentarismo.
  1. Abuso de alimentos ricos em gorduras saturadas e açúcares. Essa condição pode ser um gatilho para doenças como infarto, derrames, hipertensão, obesidade, diabetes e até câncer.

Diagnóstico e tratamento:

Em geral esta doença não apresenta sintomas, sendo muitas vezes denominada como “inimigo silencioso”. O médico deve obter o quadro clínico completo do paciente, o histórico familiar e saber sobre a vulnerabilidade dos fatores de risco, além do estilo de vida, para dar um diagnóstico.

Caso o paciente tenha hipertensão arterial, deve fazer acompanhamento com o médico regularmente (pelo menos a cada seis meses) e manter a pressão arterial controlada, de acordo com cada paciente. Além do tratamento com remédio, é preciso também diminuir o peso, melhorar o padrão alimentar, reduzir o consumo de sódio (sal), bebidas alcoólicas e tabaco e fazer atividade física regularmente.

A hipertensão arterial é uma doença crônica e necessita de acompanhamento médico permanente. A rede de centros médicos dr.consulta possui cardiologistas altamente capacitados para identificar e prevenir casos, assim como orientar pacientes que têm a doença.

Dicas para minimizar os riscos de infarto ou AVC:

Continue lendo em Organizzada 

Comnetários

comments

Deixe uma resposta