[Biografias Reais] Pedro Bandeira

u acredito que minha profissão seja de plantador de esperança.
Eu acredito nisso.
É por isso que eu escrevo.
É por isso que eu vivo.
(Pedro Bandeira)

Pedro Bandeira nasceu na cidade de Santos, no estado de São Paulo, no dia 9 de março de 1942, é considerado um dos principais autores da literatura infanto-juvenil da língua portuguesa. Pedro começou a se envolver no teatro amador, no qual atuou até 1967 como intérprete, encenador, cenógrafo e até mesmo teve passagem pelo teatro de bonecos.

Em 1962, começou trabalhar dentro da área de Comunicação, no jornalismo e na publicidade, trabalhando no periódico jornal Última Hora e posteriormente na Editora Abril, na qual circulou por várias revistas. Suas experiências dentro do jornalismo deram a Pedro Bandeira, grande impulso a sua carreira literária.

Pedro passou a se dedicar a escrever de forma distinta conforme seu público alvo, que era de adolescentes até a profissionais especializados, também buscou recursos dentro da psicologia e na educação para compreender questões delicadas que envolvem o leitor infantil, tais como a idade em que as crianças enxergam o pai como um herói, ou até mesmo o momento em que esta imagem se desconstrói e a figura paterna é criticada e colocada em dúvida.
Pedro Bandeira então recebe a proposta de criar uma coleção de livros para crianças, sua primeira publicação é “O dinossauro que fazia au-au”, de 1983, já aclamado pelo público infantil, no entanto seu grande sucesso foi a obra “A Droga da Obediência”, de 1984, direcionado ao leitor adolescente, fazendo com que Pedro se especializasse neste tipo de público.

Comnetários

comments

Deixe uma resposta