Caos

Já faz um bom tempo que a vida vem pedindo uma pausa… A bagunça que está lá fora aprisiona a liberdade e a vontade que antigamente gritava a todo instante. Quando os olhos encontram um lugar de conforto, tudo que o resta são as lagrimas, não se sabe onde foi para o brilho. Não se sabe onde foi parar a paz.

A ansiedade aumenta, a cobrança não para, o coração acelera e a vida sufoca. As tentativas de respirar são em vão, nem um suspiro, nem um pouco de alivio. Os pulmões ardem, as lágrimas aumentam, o desespero cresce e tudo finalmente atinge o nível máximo do maior caos possível. E como se já não fosse o bastante, ainda vem a fase da desistência, a obrigação de desistir pela deficiência de um mundo que não consegue te dar a mão.

Continuar há muito tempo deixou de ser conveniente, tudo virou confusão, desordem. De uma hora para a outra tudo deixou de ser bom e agradável.

Continue lendo em Garota Intergaláctica 

Comnetários

comments

Deixe uma resposta