Conquista

Já parou pra pensar que as vezes o caminho é mais interessante do que o destino final? Que quando se chega ao ponto onde se quer chegar, as vezes não faz mais sentido a viagem? Que a estrada, com suas paisagens de tirar o fôlego, a trilha sonora perfeita e o vento batendo no rosto te embalam em um transe e tudo se torna mais atraente.. Talvez seja a questão do deslocamento. A vontade de se manter em constante movimento. Dinamismo. Ação. Os carros sendo ultrapassados, carros ultrapassando, velocidade ora mais rápida, ora mais desacelerada, as surpresas do caminho, os atalhos e desvios, os buracos, desentendimentos e os beijos calorosos de reconciliação como se fossem o primeiro. O medo, o frio na barriga, o pisar em ovos. A estrada nunca é a mesma.

Continue lendo em Leonina de Saturno

Comnetários

comments

Deixe uma resposta