#DIADOAMORQG: AS CARTAS QUE VOCÊ NÃO LEU – MENSAGEM NO DIA DOS NAMORADOS

Quando eu vi teus olhos pela primeira vez, eu soube que iria ficar perdida para sempre naquele doce labirinto. O som da tua voz, teu sorriso, tudo me fazia acreditar que você era especial, um anjo de luz nesse mundo de sombras. Quando você me beijou pela primeira vez eu chorei de emoção tão logo me vi a sós. E eu ousei sonhar com um futuro – nós dois descalços pela casa, te acordar de manhã com um café, morar no abrigo dos teus abraços. Sonhei risos, sons, cores e deixei meu coração viver a alegria desse amor milagrosamente correspondido. Você nunca me enganou – você nunca disse que me amava, embora dissesse gostar da minha companhia. E eu que já te amava desde aquele primeiro dia em que o vi, me deixava levar a um futuro que poderia ser o céu ou o abismo e ousava ter esperança de que o destino não seria cruel me tirando os sonhos mais doces que havia em minha alma. Foram dois meses e sete dias de uma alegria tão intensa que chegava a ser impudica – e hoje, lá se vão quase seis meses que você encontrou outro amor e seguiu uma estrada que não é a do amor que eu tinha a lhe oferecer. Estou feliz por você. Não vou mentir e dizer que não estou – ver teus olhos brilhando me conforta a alma e me faz saber que a vida ainda tem um motivo. Mas não posso dizer que a saudade tenha dado uma trégua e que as lágrimas não rolam quando escuto a música que tocava no momento do nosso primeiro beijo.

Continue lendo #DiaDoAmorQG em Devaneios e Poesias 

Comnetários

comments

Deixe uma resposta