Liberte-se.

Faz tempo que eu esperava por este momento e confesso que estou amando. “Finalmente livre!” é o que quero gritar para todos escutarem. Por muito tempo fui um pássaro preso na gaiola esperando o melhor momento para dizer adeus ao que me prendia. Na melhor oportunidade que tive, fui embora e não me preocupei em trazer comigo nenhuma bagagem do passado.
Liberdade…

Ser livre é poder ser eu mesma, é fazer o que quero sem me importar com o que os outros irão pensar, é voar sem me preocupar com o lugar. Eu vivo! Essa é a verdade. Ah, a liberdade!
Liberdade de viver, de ser feliz, de fazer! Soltei tudo o que me prendia para me prender a tudo o que me liberta. Me permiti amar, por mim, porque sim. Peguei o que estava errado e acertei, então libertei-me!
Seja diferente, de iguais o mundo já está cheio. Seja livre, moça. Seja inteira, seja o suficiente, seja você. Se arrisque, o seu coração também pode acertar. Liberte-se das incertezas, dos medos, dos traumas, da insegurança. Liberte-se da vontade de ficar na cama enquanto o dia lá fora está lindo e uma vida mais linda ainda está esperando para ser vivida. Levante, aja, se ame, faça acontecer!
Seja independente, seja o amor da sua vida. Simplesmente liberte-se assim como eu me libertei. Liberte-se dos rótulos, dos padrões, da rotina, da solidão. Olhe ao seu redor e veja o mundo que você têm para explorar! Voe como um pássaro que acabou de ganhar a liberdade, voe para onde seu coração te guiar, bata suas asas e aprenda a se virar. Não tenha medo de cair, você pode se levantar. Apenas liberte-se e seja feliz. Feliz com você, por você, para você.

Comnetários

comments

One thought on “Liberte-se.

Deixe uma resposta