Precisamos falar sobre: escolhas, prioridades e autoconhecimento

Faz um tempo já que não converso com vocês aqui no 7S de uma forma mais pessoal e essa semana deu vontade. Isso, porque várias mudanças têm acontecido comigo desde o ano passado, quando escrevi aqui pela primeira vez, e nas últimas semanas também precisei tomar várias decisões. Vamos combinar que é bem difícil, e você nem precisa ser tão indeciso quanto eu para se atrapalhar um pouquinho quando tem escolhas a serem feitas na sua frente. Exatamente por isso, é tão complicado ter que fazer isso. Alguma coisa, que com certeza já foi ou ainda é muito importante para você, acaba ficando para trás.

Mesmo assim, significa que mudanças estão acontecendo e, na maioria das vezes, é uma evolução. Afinal de contas, estamos aqui para isso, não é? Ninguém nasce para não ter um motivo aqui na Terra, e nem se vai sem ter concluído sua missão (acredito eu). Da mesma forma que coisas e pessoas aparecem na sua vida. Tudo tem uma razão e um tempo determinado para chegar e ir embora.

Ano passado, eu definitivamente estive aberta para tudo o que aparecesse na minha vida e disse diversos “sim”. Me abri para experiência novas e a vida me retribuiu com muitas oportunidades. Comecei a escrever no 7S, me inscrevi em um curso de teatro (que era um sonho), comecei a cursar Jornalismo (outro sonho), passei a fazer parte da equipe do QG dos blogueiros, apresentei minha primeira peça e tive que, literalmente, me virar nos 30. Fiz tudo o que tive vontade e em troca ganhei aprendizados para a vida toda (dá até um apertinho no coração e olho chega a umedecer).

Apesar disso, a gente tenta ser tantos com tão pouco tempo, que nos esquecemos de nós mesmos. No meio de toda essa correria, eu tenho aprendido muito sobre mim. Sobre o meu tempo, os meus limites e, principalmente, os meus objetivos de vida. Sim, eu tenho quase 21 anos e tenho muitos planos. Sou jovem, mas não sou eterna. E nada acontece se eu ficar só esperando. O que eu estou fazendo para alcançar o que quero? Foi a pergunta que eu me fiz e que desafio vocês a pensarem sobre suas vidas.

Continue lendo em 7Seasons

Comnetários

comments

Deixe uma resposta