Talvez, o que queremos mesmo, é um ter amigo.

Você pode chamar como quiser: miga sua louca, migucha, mana, parça, parceira, irmã de coração. Muitos adjetivos podem ser usados para definir aquele ombro amigo que está ao seu lado, seja para rir seja pra chorar.

E como é dificil viver sem um amigo(a). É muito triste.

Aquela pessoa de confiança que você abre o coração, desabafa, fala besteira. E você tem absoluta certeza que seus segredos não vão andar na boca do povo depois.

Encontrar alguem assim atualmente é melhor que ganhar na mega sena da virada, sem dúvida.

Ter um amigo verdadeiro é muita sorte, é como abrir a geladeira é encontrar sorvete, no pote de sorvete (quem encontra feijão no pote de sorvete sabe do que eu estou falando, rs).

É ter do lado, sua alma gêmea. Acabo de pensar que alma gêmea deve se referir a amigo e não a romance, será? Penso que sim.

Ter um amigo é como ter um anjo inspirado pelo universo pra te dizer as palavras certas, mesmo aquelas que você não quer ouvir.

Continue lendo em Terapia da vida real

Comnetários

comments

Deixe uma resposta