Aceitação

Oi gente, alguns dias atrás eu fiz um post falando sobre ficar uma semana sem maquiagem e ele entrou para a minha lista de posts que mais me deram prazer de criar. No dia que fiz, senti uma leveza e realização por conseguir escrever tudo que estava sentindo dentro de mim, para passar uma mensagem para cada um. Recebi comentários incríveis, o que me motivou ainda mais. E bom, nele mencionei o termo da aceitação, que é algo difícil, porém lindo quando alcançado.

Difícil por depender de muitos fatores, primeiro que crescemos em uma sociedade que impõe padrões de beleza, causando um caos no dia a dia de cada um de nós. Desde muito cedo temos que lidar com piadas referentes a nossa aparência, nossos queridos e amados coleguinhas de classe, que bastava uma oportunidade e começavam a falar de algum detalhe tão nosso. Segundo que por ter passado por momentos ruins na infância, levamos isso para nossas próximas fases da vida e começamos a nos culpar por ser do nosso jeito, quando na verdade você não tem culpa alguma por ser assim, magra ou gordinha, alta ou baixa, cabelos lisos ou cacheados. Nada importa, a natureza te fez assim. Deus te fez assim e ponto final.

Modelos na televisão, nas revistas e sites, o corpo dos sonhos, cabelos lindos e sedosos, a pele então, sem comentários para cada perfeição que podemos encontrar por ali. Assim como existem também inúmeras edições em cada foto, houve casos de que o umbigo de tal pessoa sumiu e sei lá mais o que. Remédios para emagrecer e/ou engordar, capsulas para rejuvenescimento, para os cabelos, para manchas, para estrias e afins. Inúmeras cirurgias plásticas são realizadas e muitas delas levando a óbito.

Eu lhe pergunto, por que? Por que a necessidade em querer mudar um detalhe tão seu, único, para se tornar mais uma cópia de famosas? Por que seguir padrões de beleza? Até quando a mídia vai ser capaz de manipular e ordenar como você deve ser?

Continue lendo em Por que não?

Comnetários

comments

Deixe uma resposta