Meia Maratona de Chapecó, comemorando os 100 anos da cidade

Olááá! Tudo bem? Fazia tempo que não viajava para participar de uma corrida. Depois desse longo tempo, finalmente, fomos participar da Meia Maratona de Chapecó, em Santa Catarina. Se há uma palavra para resumir essa experiência, ela só pode ser gratidão. Quer saber o motivo? Vamos lá…

A decisão para participar dessa prova surgiu no ano passado durante uma conversa com meu amigo corredor Marcelo Jacoto. Depois que corri a Meia de Pomerode fiquei encantada com a organização das provas da Corre Brasil. Ao comentar com Marcelo sobre isso, ele disse que já tinha feito várias deles e que iria fazer Chapecó em 2017.
Como a gente nunca teve a oportunidade de fazer uma mesma prova (eu sempre vou “nos passos de Marcelo”, já que ele sempre faz as provas antes de mim), achei que seria uma ótima chance. E a cidade estaria completando 100 anos em 2017, logo, imaginei que a festa seria maior. Então, sendo assim, era só aguardar o período das inscrições.
Meia Maratona de Chapecó
Placa comemorativa pelos 100 anos da cidade de Chapecó
Toda essa história surgiu antes daquele momento triste vivenciado em 2016: o acidente com o avião que levava o time do Chapecoense para um jogo na Colômbia.  Fiquei tão chocada (acho que todo mundo ficou) que cheguei a refletir sobre ir ou não participar da Meia Maratona de Chapecó.
Ainda bem que não mudei de ideia. Foi uma experiência incrível, pela prova em si e pela satisfação de conhecer as pessoas da cidade. Todos muito simpáticos. Depois, no post específico sobre Chapecó, falarei mais sobre isso…

Meia Maratona de Chapecó

A corrida contou com três distâncias na verdade: 5 Km, 10 Km e 21 Km.  Também havia uma caminhada de 3 Km e a Maratoninha Kids com provas de 100 metros, 200 metros e 400 metros. Todas aconteceram no dia 9 de abril de 2017.

Comnetários

comments

Deixe uma resposta